quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Indecisão

As vezes pergunto-me se sou eu que estou mal, se sou eu quem não sabe dar valor ao que tem
Ou se já perdi o jeito de amar
Sinto que amadureci, mas quem me rodeia não sente o mesmo
Acho o meu amor mais maturo, vejo as coisas de uma forma só, forma essa que não sei se é a mais correcta para fazer alguém feliz

Sinto-me no meio de uma crise, que ninguém percebe, sozinha navego neste barco sem remos e sem um rumo nítido

So gostava de poder responder as perguntas que invadem o meu subconsciente
Serei assim tão infantil que não sei ver que tenho alguém que me ama incondicionalmente a meu lado…
Malditas acções que repreendem o meu coração , por saber que estou errada e não querer admitir


É um erro , sim
Mas sou assim, não consigo entregar-me por completo quando a pessoa que diz amar-me não confia afincadamente em mim


by:silviaferreira

Sem comentários:

Enviar um comentário