segunda-feira, 5 de julho de 2010

......

Um só momento
Desperta em mim mil e uma sensações que correm que nem um frenesim por entre as veias
Onde o sangue fervilha e a pulsação oscila por sentir cada pedaço de ti junto de mim
Já não são as palavras que explicam certas atitudes
Já não são as justificações que dão a resposta a dúvida... Ver mais
É sim o ciúme de ter medo de te perder
Apesar de estares comigo a 4 meses
Vagueamos ambos no pensamento um do outro
Decifras o meu olhar
Eu o teu rosto
Imagino cada carinho como uma eternidade que perdura
O teu toque.o teu jeito. é como uma criança a suplicar pelo doce proibido
E regalar-se com ele como se não houvesse o amanha

Sinceridade não falta
Sabes tão bem quanto eu que o amor tem varias formas de ser explicado
Por te amar eu choro
Derramo lágrimas de sentimento puro que jamais suspirei por um alguém tão único como o Homem que tenho a meu lado
A dias disse és tão compreensivo mas lá no fundo ninguém te compreende
Medo de perder tudo aquilo que ganhas
Não vale a pena minha vida… estou aqui para te apoiar mesmo que tu digas que te falta sempre algo
Medo de que eu caia e não me levante
Não necessitas.. por mais que venham sempre abelhas atrás de mim ou de ti
É a ti que te amo e jamais ponho em causa a tua protecção

Já fui uma rosa cheia de espinhos que não brotava por falta da felicidade
Hoje digo que floresci ao lado de alguém que por muito mais que tente explicar
É como o sol que me rega quando estou perdida por necessitar de matar a sede ao teu lado

Gosto da tua forma de te afirmares perante mim e dizeres todas as noites que vais plantar sementes e sementes para prolongar este futuro longínquo

Por mais que tente ser forte como tu
É inevitável porque o tremer do mundo apodera-se das minhas raízes
E perco aquela energia que só me dás
Quebram se pétalas que colas te com carinho para eu não murchar
Contudo só o nosso espaço irá curar isso um dia mais tarde

Agora sei que mudei
Tudo porque tu me fizes-te ver que progredi
E hoje preocupo-me contigo como se fosses a areia da praia
Que me foge entre os dedos
Frágil com medo que te desfragmentes a minha frente
Leve receando que ponhas em causa o meu amor por ti
Brilhante quando me deslumbro com o verde dos teus olhos que me faz navegar e sonhar que andamos a deriva em cima das ondas

O mundo não esta preparado para alguém como tu
Talvez seja por isso que o mau-olhado te rodeie
Mas o que importa ter impostores por perto
Quando tens as melhores pessoas do teu lado
Essas pessoas vêem te crescer
Ensinam-te a lidar com a vida
Apoiam te nas tuas decisões
Porque confiam naquilo que tanto queres
Brincam contigo porque vêem nesse teu rosto
O stress que te percorre nessa pele a necessitar de respirar

Confiança algo que um relacionamento pede todos os dias
É como na dança se dermos as mãos sentido nos confiantes e assim o nosso parceiro conduz nos a cada passo

O meu coração vagabundo
Procura tanto a minha alma gémea quando ela não está perto
Por favor deixa-me continuar a amar-te loucamente
E dar te beijos por cada centímetro da tua pele
Provocando um formigueiro dentro de ti
E ouvir aquele riso de quem está a sufocar de tanto rir
Só das baboseiras que a tua miuda faz

Sem comentários:

Enviar um comentário